Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Comentários

Textos/comentários a publicações de autores de outros blogs.

Textos/comentários a publicações de autores de outros blogs.

Comentários

12
Dez21

Comentário 173

Zé Onofre

                    173

 

2021/08/18

 

 Regresso,

Às alturas

Onde o vento

Corre frio em Agosto.

 

Subo,

Ao morro

Onde outrora,

Numa torre de vigia,

Um jovem Cristão

Espiava o horizonte,

À espera

Da bela princesa Moira.

 

Abro os braços

À corrente quente

Que vinda lá do fundo  

Me leva ao mais alto azul,

Ave de rapina.

 

Entonteço,

Em voltas e rodopios

Ascendentes.

 

Lá desse azul imenso

Vejo um fio de água,

Às vezes lagoas,

Que de açude em açude,

Desce os degraus até à foz.

  

No voo azul

Homens

Que fazem a sesta

À sombra das parreiras,

Ou seguram as paredes da casa

Com corpos cansados.

 

Uma corrente fria

Poisa-me suavemente

Folha morta

No chão.

 

Abro os olhos.  

Os braços ainda

Balançam ao vento

Sobre o abismo.

 

No penedo dos encantos

Apenas o cabelo

Voa livre no vento.

    Zé Onofre

26
Out21

Comentário 136

Zé Onofre

                     136

2021/06/19

Era uma vez um sonho

Que procurava

Um local mimoso para se aninhar.

Vivia lá no alto

Para lá das fronteiras do arco-íris.

 

Era uma vez um sonho

Que se perdeu

Balouçando à vez

Em cada uma das cores do arco-íris,

Que em pingos de água se criavam,

Cristalinas e belas

Da luz do sol.

 

Era uma vez um sonho

Soprado pelo vento

De nuvem em nuvem.

 

Era uma vez um sonho

Que se sentia abandonado

Sem casa, nem lar.

 

Era uma vez um sonho

Que esperava encontrar lá no chão

Uns braços,

Mesmo que minúsculos

O abraçarão.

 

Era uma vez um sonho

Que desejava ser cativado

Por um peito

Que o faça gritar de luz.

 

Era uma vez um sonho

Que queria dar luz aos cegos

Que veem passar os sonhos

E os deixam passar.

Queria gritar-lhes

Que os sonhos

São tesouros tão raros

Que é crime

Ter braços

E não os abraçar.

  Zé Onofre

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub