Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Comentários

Textos/comentários a publicações de autores de outros blogs.

Textos/comentários a publicações de autores de outros blogs.

Comentários

04
Abr22

Comentário 235

Zé Onofre

                 235  

 

022/03/19, comentário ao texto de Rita PN, «para que servem os poetas», em conta

me-historias.blogs.sapo.pt, no dia 022/03/18

 

De facto, os poetas para nada servem.

Spartacus escreveu um poema em ação.

Continua a haver escravos do ter,

E escravos que ajudam os outros a ter mais.

 

Cristo, dizem que viveu lá na Judeia,

Vai para dois mil e cem anos,

Escreveu um longo poema de amor para toda a humanidade,

A humanidade continua cheio de ódio e ambição.

 

Na Índia, no século vinte, um homem bom

Escreveu um belo poema de braços caídos.

A humanidade continua a levantar as mãos contra si própria.

 

Nos Estados Unidos, um homem simples

Escreveu poemas feitos de sonhos de igualdade entre todos.

A humanidade continua a desprezar-se a si própria.

 

De Liverpool, na velha Albion, um músico poeta

Escreveu uma canção cheia de sonhos e esperanças, Imaginem.

A humanidade continua a calcar com os pés e as mãos,

A destruir todos os dias as esperanças e os sonhos

E cada vez mais a capacidade de imaginar.

 

De facto, os poetas para nada servem,

Mas sem eles a realidade seria ainda mais insuportável.

Zé Onofre

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub