Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Comentários

Textos/comentários a publicações de autores de outros blogs.

Textos/comentários a publicações de autores de outros blogs.

Comentários

12
Out21

Comentário 123

Zé Onofre

                     123

 

Voar nas asas do desafio,

Venha em corpo de gaivota

Ou no de um pequeno guarda-rios,

Ir muito acima da mais alta cota.

 

Ir ao horizonte cortar o fio

Alargar o espaço que nos toca.

Desse longe, olhar este sítio

Que não sei se abriga ou sufoca.

 

Voar nas asas do desejo

Ver o sentido íntimo do ser.

Tentar descobrir o que não vejo,

 

Desde o primeiro raio do alvorecer

Até que o sol no seu diário passeio

Se despenha no mar ao anoitecer.

06
Out21

Comentário 117

Zé Onofre

                          117

 

Todos passamos pelo desejo

De termos numa outra idade

Com os conhecimentos desta.

Não sei em que altura da vida,

Com que idade,

Nos tentamos refazer.

Um destes dias

Dizia uma amiga,

Ou seria a Conceição,

A Conceição estava de certeza.

-Ah, se eu tivesse vinte anos

E soubesse o que sei hoje.

Eu, que tantas vezes desejara o mesmo,

Calei.

Conclui, desanimado

De crista caída,

A incompatibilidade

Do desejo com a realidade.

Temos a idade que temos

E sabemos hoje o que sabemos.

Ou temos vinte anos

E sabemos o que sabíamos.

Perante isto,

Resta-nos sonhar o impossível.

30
Ago21

Comentário 82

Zé Onofre

             82

Há o que desejo.

Há o que posso.

Há o que alcanço.

E se o que desejo

É imenso?

E se o que posso

É pouco?

E se o que alcanço                                         

Sequer chega ao pouco

Do que o que posso,

E fica muito aquém

Do que o que desejo?

Desisto,

Ou teimo, teimo e teimo,

E no fim do estado de desânimo,

Levanto-me

Descobrindo forças onde as não há?

Ou fico  

Com o pouco que alcancei?      

 Zé Onofre

 

 

 

 

 

 

 

09
Ago21

Comentários 54

Zé Onofre

                   54

 “Transforma-se o possuidor

Na coisa possuída”,

Que, de repente, já não sabemos

Quem possui o quê,

Ou quem é o possuído,

Ou quem é o possuidor.

O mundo da gente roda e rebola.

Há sempre um mais além,

Que se nos escapa.

Essa é a eterna demanda do Santo Graal.

Tantas vezes o tivemos à mão,

Mas é um desejo tão inalcançável,

Que viramos a cara,

Fechamos os olhos,

E continuamos à procura.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub