Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Comentários

Textos/comentários a publicações de autores de outros blogs.

Textos/comentários a publicações de autores de outros blogs.

Comentários

02
Out21

Comentários 114

Zé Onofre

114

2021/05/14

 

Agora

No fundo do tempo vejo

Um magote,

Rapazes e raparigas,

Concorrente de melros,

Lindas aves

De penas negras envernizadas

E bico encerado de amarelo,

E outra passarada,

Indo

De silvado em silvado.

Algumas aves medrosas,

De ladrões de ninhos,

Tentam afugentar a garotada

À bicada.

Deles,

A criançada,

É apenas concorrente,

Dos cobiçados frutos das silvas,

Que estas,   

Zelosamente, protegem com espinhos.

Contudo

O sabor agridoce daquelas bolinhas,

Vale bem umas ameaçadoras bicadas,

E uns arranhões sangrantes.

Cada um deles vai

De haste de silva em silva

Com uma malga.                          

A malga está cheia,

A malta

Com bigodes de orelha a orelha

Vai para casa.

A merenda daquela tarde está ganha.

Esmagadinhas com um garfo

Com açúcar loiro,

Comidas às colheradas,

São um manjar dos deuses.

   Zé Onofre

16
Ago21

comentários 64

Zé Onofre

         64

Há muitos, muitos anos,

Naquele tempo, em que

"Dos ledos anos se gozam os doces fruitos".

Andava perdido

Por montes e caminhos,

Por rios e ribeiros,

Olhando os velhos arvoredos,

Espiando nos seus ninhos,

O passaredo.

Um dia os meus olhos

Cruzaram-se com uns outros

E lá se foi o gozo dos ledos anos

"Que a fortuna não deixa durar muito".

Lá se foi a paz dos ventos,

Veio um vendaval que me desnorteou.

Andei por ali assim,

Olhando em círculos de longe,

Mas não tão tanto que uns olhos meus

Se deixassem de cruzar com os seus.

O muro caiu

E não houve tempo perdido.

Muitos outras paredes caíram,

Outras tantas se ergueram outra vez.

A última foi mais dura,

Caiu, ainda não se levantou,

Por estarmos sentados em cima dela,

Ou porque foi forte o vento que a derrubou.

   Zé Onofre

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub