Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Comentários

Textos/comentários a publicações de autores de outros blogs.

Textos/comentários a publicações de autores de outros blogs.

Comentários

15
Dez21

Comentário 176

Zé Onofre

                      176

 

2021/08/23

 

Há noites

Indefinidas

Ou são o prolongar do  dia,

Ou o dia seguinte antecipado.

 

Nessas noites

Nem a leitura me serena.

Fixo o teto às escuras.

Na tela dos meus olhos

Projeto imagens

De várias cenas

Gravadas em épocas diferentes.

 

Intercalo-as 

Recriando uma realidade

Vertiginosamente vivida.

Com avanços e recuos

De um ontem ido

A um futuro idealizado.

 

Nesta montagem

Onde recrio o filme da minha vida,

Há olhares inquietos,

Memórias fantasmas,

Beijos absurdos.

 

Uma inteligência fantasma,

Caída não sei de que paraíso,

Tenta enquadrar todas as cenas,

Mesmo que contraditórias,

Numa história coerente.

 

Há uma música

Que ilustra as cenas

Que se perde

Numa memória de silêncio.

 

Cabelos bailam com o vento.

Desesperadamente procuram um corpo

Para descansar.

 

Ao primeiro raio

De um novo alvorecer

Tudo se esboroa.

 

Adormeço.

  Zé Onofre

02
Nov21

Comentário 143

Zé Onofre

                  143

 

Tropeçando nas minhas andadas pernas,

Sou atirado para o presente por uma voz

Vigorosa. - Acorda, deixa o tempo das cavernas,

Ou por acaso desejas que nos quedemos aqui sós?

 

Ao lado, "dois anos e meio" muito terna

Faz bolinhos "a sério" para todos nós.

Chegada a mim, quase oito anos, desperta

A avó, com palavras que vêm atadas por nós.

 

Conta as comédias da escola com confiança.

Usa palavras, que eu desconhecia naquela idade.

Aqueles quase oito dizem-me ​com segurança

 

Que só vejo a nova forma da realidade

Através do olhar límpido de uma criança,

Quando se expressa com verdade.

06
Out21

Comentário 117

Zé Onofre

                          117

 

Todos passamos pelo desejo

De termos numa outra idade

Com os conhecimentos desta.

Não sei em que altura da vida,

Com que idade,

Nos tentamos refazer.

Um destes dias

Dizia uma amiga,

Ou seria a Conceição,

A Conceição estava de certeza.

-Ah, se eu tivesse vinte anos

E soubesse o que sei hoje.

Eu, que tantas vezes desejara o mesmo,

Calei.

Conclui, desanimado

De crista caída,

A incompatibilidade

Do desejo com a realidade.

Temos a idade que temos

E sabemos hoje o que sabemos.

Ou temos vinte anos

E sabemos o que sabíamos.

Perante isto,

Resta-nos sonhar o impossível.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub